Hoje caminharei sobre esse mar

Hoje não me apetece parar. Hoje correrei o risco. Dou por mim aqui sentado a observar o horizonte, aquela linha que separa o mar do céu. O que estará do outro lado? O que estará para lá dessa linha. É uma linha que vemos todos os dias, sempre da mesma forma. Marés vão e vêm. Neblinas que surgem e somem. Até mesmo o sol, aparece de um lado, desaparece do outro.

No entanto há coisa que se mantêm. Nós por exemplo. E hoje, estando aqui sentado, penso. Não aceitarei esta inercia que me impede de vasculhar estes horizontes. Farto do costume rotineiro que tanto nos habituámos a aceitar de braços abertos. Um paradigma incutido por outros talvez, até por nós mesmos.

Hoje caminharei sobre esse mar. Escalarei esse céu, afastarei as neblinas. Vasculharei essa linha que tanto achamos que separa estes elementos. Cansei de ver e de apenas ficar a ver. Antes viver com sentimento de culpa que arrependido de não ter feito. Vamos lá navegar, ser marinheiros deste oceano que a vida nos dá.

© 100 Modos #69Letras 2016

Deixar uma resposta