Esfomeado

| Conto Erótico | Maiores 18 |

 

Hoje sinto-me particularmente esfomeado, apesar do pseudónimo NMauFeitio, eu sou um homem com fome…E muito honestamente não falo de comida… Falo de puro prazer sexual… Do instinto mais animal que possuímos… Sentir aqueles beijos com dentadinhas que nos deixam mais arrebitados que um banho de água gelada ao despertar… Aquelas caricias eloquentes que fazem o inferno parece o polar árctico… Depois… Depois… Aquela palmada no rabo…Dar aquela palmada de mão aberta… Aquela gula que nos enche a alma e incendiá quem a sente… Nem vale a pena comentar… Nem quero imaginar que perco o fio ao que estou a escrever… Fico com vontade de rasgar a roupa e possuir ali mesmo… Não importa o sitio… A fome é a fome e tem de ser saciada… Satisfeita… Provar o teu néctar ajoelhado na tua frente… Sentir o sabor quente… Húmido… A colar-se nos lábios… Que fome… Podia ir para o bom sessenta e nove e deixar o meu instinto mais predador tomar conta das coisas… Mas não, quero mais… Quero tudo…Quero os gemidos de gozo… Quero os lençóis rasgados com as unhas… Quero a loucura total do prazer… Do sexo sem limites… Apenas eu… Tu… A gritar de gozo que nem animais esfomeados… Uma luta sem tréguas… Sentir os mamilos na minha boca… Apertar suavemente… Lamber… Chupar… E continuar a possuir-te… Da mesma forma como tu me devoras o corpo… Um orgasmo… Uma explosão… Não chega… Isto foi o aperitivo… Tomo-te pelos cabelos… Seguro com força… Faço-te empinar bem as coxas… Depois ferro os dentes nelas… O combate segue… Encaixo-me com estrondo… Puxo pelos cabelos ate ter o teu pescoço ao alcance dos meus lábios… Beijo… Trinco… Mordo… Possuo-te com ganas e não vou parar… Não quero parar… Gemidos roucos que saem das gargantas secas… Suores nos corpos húmidos de calor… Segundo orgasmo… Tombamos sobre a cama como se tivéssemos acabado um segundo combate de boxe… Mas a minha fome continua… O teu corpo está cansado… Mas ainda aguenta muito mais… Banho… Agua quente sobre dois corpos suados… Massagens.. Caricias… Desces na minha frente… Sinto-te a tocar-me… Volto a ficar quente… mais quente… Muito quente… Apoio na parede para apreciar o momento e sinto a tua paragem… Voltas ao meu peito… Trincas os mamilos… Deixas-me louco de fome de ti… Do teu corpo… Da tua alma…Do teu fogo… Pego em ti em braços e ficas contra a parede com os pés apoiados na borda da banheira… Eu no meio… Ardo… E torno a entrar… Em ti… E o fogo arde… As tuas unhas que se me cravam nas costas… Sinto o ardor… E invisto mais forte no teu corpo… Perco-me nos mamilos… Perco-me em ti… Terceiro orgasmo… Estou cansado… Tenho fome de ti… preciso de um cigarro… De um momento para recuperar… Vens comigo… Sorridente… Estou velho e cansado… Mas ainda te quero mais…

 

NMauFeitio #69Letras

Deixar uma resposta