Caos

Minha cabeça num caos desordenado sem rumo ou norte!
Pior que isso é este à vontade no que seria de gritar aos deuses por ajuda.
Já me habituei a esta vida sem nexo onde tudo está de pernas para o ar e sem fazer sentido.
Nada faz sentido.
Uns dizem-se familia mas viram costas ignorando o sangue que lhes corre nas veias e outros abandonam o barco que um dia os levou a navegar mares infinitos de alegria e satisfação.
Onde me encontro eu nisto tudo? Ou será que me devo perder de vez?
Entregar-me ao silêncio do escuro sempre foi a minha opção favorita.
O errado nunca deixou de ser apetecível e o certo é morte nas entrelinhas.
Que caos de vida sem fim à vista. Ou será que tem e eu serei demasiado pequena para avistar? Devo subir nalguma escada amiga para melhor vislumbre de um melhor dia?

MissSteel#69letras

Deixar uma resposta