A magia do anoitecer

Texto erótico |M18

Frio… Silêncio… Anoiteceu em segundos…
Apenas consigo ouvir o som da lenha a arder na lareira e a tua respiração, junto do meu ouvido esquerdo. Encosto a minha cabeça no teu ombro e fecho olhos. A tua barba a tocar-me na testa provoca-me arrepios absolutamente viciantes…
Dou-te um beijo… E deixo-te sozinho. Os teus olhos intensamente sedutores seguem-me e encostas-te à janela à espera de perceber o que vou fazer…
Às vezes pareces tão forte e inalcançável Outras pareces simplesmente um miúdo ansioso à espera de receber um presente. O teu olhar denuncia-te sempre!
– Tenho frio… – Digo eu enquanto tiro o casaco propositadamente.
Às vezes gosto de contradições!
Dá-me um gozo descomunal provocar-te!
Olhas para mim sem te mexer. Sorris… Eu adoro misturas o sorriso com o teu lado provocador…
Insisto que tenho frio…
Continuas imóvel…
E eu começo uma luta sem fim… Entre o frio, a sedução e a vontade de te ter…
Descalço-me e em dois segundos estou à tua frente…
Pego-te nas mãos e puxo-te… Olhos nos olhos… Contornamos a mesa por instinto e o sofá por opção.
Ficamos em frente à lareira. Já não há frio… Apenas demasiados tipos de calor, misturados num só.
Tiras-me a camisola… E beijas-me cada centímetro da minha pele.
Ajoelhas-te… Tiras-me as calças… Entre beijos e brincadeiras nada inocentes, fico à tua frente apenas com a minha lingerie preta…
Baixo-me e tiro metade da tua roupa… Beijo suavemente os teus lábios, enquanto me abraças e me empurras para o chão…
Deitas-te em cima de mim. Enrolo as minhas pernas à volta da tua cintura… E deixo que me provoques ao máximo, com tudo o que tens…
Em menos de nada, sinto a tua respiração perto da pouca roupa que ainda tenho vestida… As tuas mãos a puxarem-me as alças do soutien e a brincarem com os meus seios… A tua boca a puxar-me a tanga preta… E de novo os teus olhos a seduzirem-me…
Sorris e começas lentamente a torturar-me… Muito devagarinho… Porque sabes que a seguir eu vou-me vingar a triplicar de tudo o que me fizeres…
E como o que fazes, fazes bem… Levas-me à loucura de uma forma alucinante. Puxo-te para mim… E passo para cima de ti. Tocas-me e seduzes-me com cada toque… Mais. Mais. E mais….
Agora é a minha vez de despertar cada um dos teus sentidos. Um a um… E mais algum…
As minhas mãos, os meus lábios, a minha língua… Perdem-se na imensidão de sensações que provocamos um ao outro…
E paro… No momento em que já não aguentas mais. No momento em que já não aguento mais.
Cada vez faz mais frio lá fora, com o cair da noite… Cada vez existe mais calor a envolver-nos… Despidos de qualquer pensamento… Partimos em busca do prazer máximo. Agora mais nada importa para além de nós…
Sedução. Paixão. Desejo. Brincamos com a nossa loucura como quem brinca com o fogo…
O segredo é esse…
E a explosão de magia que ambos descobrimos ao mesmo tempo, é a essência desse segredo!

 

Raio de Sol | #69Letras

Deixar uma resposta