Gosto-te…

Gosto quando me tocas assim, com as palavras doces e intensas que me provocam, que me despem, sem teres a noção do que me fazes.

Quando dizes que me adoras e provocas um arrepio que demora a passar e que é tão bom de sentir na pele.

Gosto de te sentir em mim, entranhado, tatuado, ser do meu ser, como se fosses um pedaço que me faltava e agora encontrou o tão ansiado todo que procurava.

Gosto que sejas o meu Anjo doce que me acolhe nas suas asas e me protege, mas também o meu Demónio que me provoca, excita e me arranca gemidos do fundo do meu ser de tão sentidos e desejados que são.

Dói, mas sabe-me bem sentir a tua falta, sorrio por dentro porque sei que no fundo nunca me faltas, e sentes também.

As palavras podem parecer vãs mas não deixam de ser sentidas e tu sabes.

Gosto-te…

Miss Kitty #69Letras

Deixar uma resposta