Acredito que existem três tipos de Amor!

O primeiro… Muitos irão voltar anos atrás para o relembrar…

Eu vivi, tu viveste e muitos estão a vivê-lo…
Não tem idade, não tem tempo, não tem regras…
Acontece simplesmente!
Tão inocente, tão acelerado, tão arrebatador e tão bom de sentir…

Lembro-me como se fosse hoje… Para mim não importava mais nada… Eras tu e eu, eu e tu…
Até esbocei um sorriso só de lembrar…
Eram tantas as dúvidas e ao mesmo tempo não queria saber… Só viver!
E medos? Sim tinha!
Mas eu era a mais forte do mundo. Sentia me assim!
Parecia que esse amor era à prova de tudo e que nada seria capaz de o destruir…
Delicada inocência…
Mas que época tão boa e feliz…
E vivi, vivi mesmo à letra e hoje viveria igual…

Seguiram-se paixões, desilusões, interesses, desinteresses… Até que te conheci!
Não sabia muito bem o que eras… Mas hoje sei perfeitamente o que foste!
O amor da minha vida!
E suspiro… Aquele suspiro nostálgico e tranquilo.
Foste tanto para mim, precisaria de dias e dias para descrever…
Fizeste-me a princesa de uma história tão encantada e real, que ainda hoje sinto saudades!
Ofereceste-me as maiores alegrias, mas foste também causador de longas lágrimas a escorrerem-me pelo rosto…
Mas contigo tornei-me mulher, senhora de mim e do que quero para mim…
Fizeste-me pela primeira vez, desejar construir um presente e futuro ao lado de alguém…
E tentei, larguei tudo por ti, mas sobretudo por nós!
Porque eu sabia que eras aquele amor que tanto desacreditei que existia. Era a teu lado que queria ficar até ao fim dos meus dias…

E tanto planeamos… E respiro fundo… Agora com alguma tristeza, mas volto a escrever e fico bem…
Planos esses tão sonhadores, mas tão sinceros….
Lembras-te? O nosso filho teria os teus olhos e a nossa filha os meus pés. E quando fôssemos velhinhos, iríamos na mesma ao estádio, torcer pelo nosso clube, junto dos nossos filhos e quem sabe, netos.

Que sonho tão lindo!

Eu tentei realizar esses planos e fazer de ti o homem mais feliz e eu a mulher mais amada do mundo.
Mas não aconteceu… E tudo terminou como uma história de conto de fadas…
A magia acabou e o amor não foi forte o suficiente para se lutar por ele.

Mas tudo acaba e nada acontece por um acaso.
Acredito que surgirá aquele último homem, AQUELE amor…
O homem da minha vida, aquele que me fará entender do porquê de até hoje não ter dado certo com mais ninguém…
E se um dia fui princesa, tu irás aparecer, para me fazer rainha…. Tua e só tua!
Sem meios, sem medos e sem limites…

Espero-te aqui.. Agora.. Sempre!

Vany #69Letras

Deixar uma resposta