Voltas…

Trocas-me as voltas, neste mundo só nosso, entre vindas e idas, chegadas e partidas, que me atiçam os medos, lembram dores vividas e Primaveras floridas, de memórias e segredos.

Trocas-me as voltas, teimas em voltar, a minha Alma tocar, sem o teu eu nada querer, só atormentar o meu ser, com a esperança que deixas no ar, que um dia tudo voltarás a querer.

Trocas-me as voltas, viras-me do avesso, com esse jeito travesso, que teimas em mostrar, nesse querer insinuar, que ainda haverá volta a dar, o que já tanto quis e confesso.

Trocas-me as voltas, com as palavras desenvoltas, o passado acordas, o corpo revoltas, não sei porque o fazes, sentimentos vorazes, teimas em despertar, sem alguma vez teres intenção de me amar.

Não me troques as voltas, não sei porque insistes, fizeste a tua escolha, do teu livro escreveste mais uma folha, porque é que persistes?

Miss Kitty #69Letras

Deixar uma resposta