Tens o coração no meio das pernas

| M18  | Maiores 18 |

Não me venhas com falinhas mansas se o que tu queres é ser f#dida.

Fazes disto um ciclo vicioso… Do nada vens me falar como se fosse tudo. Como se eu fosse tudo.

Amo-te como és mas odeio-o como o fazes. E alguma razão nos afastou. Eu sei, estou ciente disso. Saberás tu?
Apareces tão rápido como desapareces. Nada mais dizes. Como se nada fosse. Mas tudo é. Tudo é motivo para voltares a falar comigo. Eu sei. Já foste o meu tudo. Agora nada o és. Mas tudo o que peço é que desse nada que te sou, faças dele tudo um motivo para mais nada dizeres. Uma vezes estás confusa, outras meio certa… Tudo te é confuso e meio certo.

O que me leva a questionar se tens o coração no meio das pernas… Porque f#dê-lo, tu sabes.

© 100 Modos #69Letras 2016

Deixar uma resposta