Na madrugada do teu corpo

Texto Erótico|M18

Te sinto com meus dedos, me masturbo! Estou necessitada de você…
Meu íntimo se aquece, um arrepio percorre toda a geografia do meu corpo.
Madrugada e tua ausência, me maltrata.
Sussurro, chamo teu nome… Ofegante, te querendo inteiro, dentro de mim!
Ouça-me, são os meus dedos que viajam entre minhas pernas buscando nossos momentos… te desejando, me arrepiando inteira, molhando meus dedos, desabafando as paredes fria, sem vergonha dos meus instintos… porque sou tua mulher e meu corpo te pertence desde o momento que você fez a leitura por todas as tuas linhas, com a boca, com as tuas mãos e com tua língua quente.
As lembranças te materializam… Mesmo que não estás aqui, sinto teu cheiro, seu membro me invadindo lentamente, e descompassado me impregnando, me descobrindo.
Meus seios estão rígidos, e você me puxando cada vez para o seu corpo… Estou embriagada, dopada pelo tesão que sinto por você… Ouço tua voz em meus delírios, me suplicando para que te molhe com o meu prazer indecente.
E sinto, sinto tudo, cada vez mais intenso… e meu corpo treme, o meu orgasmo te brinda, meus lábios tremem chamo teu nome, e foi por você que me perdi dentro de mim mesma nos labirintos do meu corpo, lambi meus dedos com o meu gosto misturado ao teu, por cada segundo… porque sou tua… E teus são todos os meus orgasmos pois te profanei dono do meu corpo e de minha alma.

 

Autoria: “Paola Fantini”

Fonte: “Tumblr:”Sensual e Ousada”

Deixar uma resposta