Enormes em nós

M18|Texto Erótico

Boa noite e bons sonhos…

 

Sou aquela que desvenda o desejo no olhar dos homens, que passam por mim na rua, que estão sentados na mesa do café, que viajam no metro, em hora de ponta, com o corpo quase colado ao meu. Consigo sentir-lhes o cheiro do tesão, o querer sem poder sob a forma de imaginação.

Sinto-me viva quando os seus desejos recaem sobre mim. Sim, quando me expões , no cimo de um banco, para quem esteja a ver, para quem queira participar. Sem roupa interior, eles olham directamente para a minha vulva, pulsante e húmida; elas também olham, também a querem possuir…. É tudo um jogo, do melhor que há…

Ao teu sinal aproximam-se , insinuam-se, e subtilmente tocam-me, provocando-nos aos dois, inflamando o desejo contido, de viagens semanais, sem entrega alguma, até aquele preciso momento. Sinto-me poderosa, adulada, como uma deusa grega. Sinto-me viva através do teu desejo que absorve o meu, tornando-os num só. Os corpos que passam por nós, as bocas que nos possuem, nada disso nos faz desapegar o olhar um do outro. É de uma simbiose tão bela, este nosso amor de alma, que se fortalece de pedaços de outros e nos torna enormes em nós mesmos…

 

Bjns

The Oyster #69Letras

Deixar uma resposta