Será que é errado?

Será que é errado, este ser tão intensa, de coração condenado, sentimento julgado, sentido pela alma imensa, da distância banhado, de luz ensombrado, que à loucura me conduz, essa intensidade que me seduz, por todos vista como pecado.

Será que é errado, todo este meu querer, e o nada ter, que tudo contraria, me deixa tão vazia, em profunda apatia, pela falta que me faz, a intensidade que me apraz, que me devolve a vida, a alma perdida, me restitui de cores, sentidos e sabores, de uma vida vivida, sem cicatrizes nem dores.

Será que é errado, todo este sentir, este querer ser amada, sentir-me desejada, com sinceridade, e tranquilidade, e não ser usada, quando não precisa descartada, ficando vazia, sem luz no meu dia, e tão acorrentada, restando este sonho que me guia.

Se ser eu é errado, eu quero errar, votar-me ao pecado, vivê-lo desmesurado, entregar-me ao amar, julguem o que quiserem julgar.

 

Miss Kitty #69Letras

Deixar uma resposta