Segredos da Alma…

Noites quentes, manhãs escaldantes, palavras por vezes hesitantes, pelo medo de chocar, demais revelar, mas tanto querer saber, tudo o que te está a corroer, esses teus segredos que teimas esconder.

Entrego-te a Alma, todo o meu ser, de Anjo que te dá calma, os teus medos apazigua, quando sentes o meu toque, e o da minha pele nua, que os teus Demónios tenta, mas acalma e serena, numa entrega total, que não há memória igual, em poesias escritas a pena.

E é neste render, que tudo nos faz esquecer, que as emoções se liquidificam, os sentimentos se multiplicam, tornamo-nos um, e as Almas surpresas, baixam todas as defesas, neste querer tão estranho e fora do comum.

Miss Kitty #69Letras

Deixar uma resposta