Perdoa-me

Meu querido amor
Venho por este meio pedir perdão se não te sei amar. Se não sei ser amada por ti ou até mesmo por não saber o que é amar.
Tenho consciência plena de que isso te mata aos poucos e poucos. Que te rasga o peito e fere o teu coração que já grita de desespero por mim.
Perdoa-me as noites mal dormidas cujas as quais eu própria preferia permanecer acordada ao teu lado. Mas não me foi possível.
Desculpa-me uma vez mais se não disse as palavras mágicas que tu tanto ansiavas ouvir.
Não te mereço. Sei que não gostas de ouvir mas é a verdade. Não por fazer-te mal…tão ruim assim também não sou. Mas tu mereces a princesa perfeita dos contos de fadas. Mereces ser amado pela amante perfeita e até ouvir duma boca sábia as maravilhas todas que um mundo encantado tem para oferecer.
Não sou eu que não te mereço, és tu que mereces muito mais. Muito mais do que eu te posso oferecer.
Mas o ultimo perdão que aqui te quero pedir, é por não ter capacidade de te largar e deixar voar. Porque tu és o meu mundo encantado no qual eu vivo, respiro e sobrevivo.
Meu querido e amado amor…
Perdoa o meu amor por ti que é tão imperfeito e se te firo com a minha sinceridade, acredita que não é defeito…é amor renovado numa esperança já há muito morta.
Desta que tanto te ama erradamente…

©Miss Steel 69letras 2017 

Deixar uma resposta