Olá. Ainda tens este email? | Um texto de: Black Stiletto |

M18 | Texto Erotico |

Mandas-me um e-mail a perguntar:

Olá. Ainda tens este email?

5 anos que se passaram, preenchidos com um silêncio absoluto, após alguns encontrosaafccb4f78ce16431b13f8bf62866d17
quentes.
Um sorriso e respondo quase de imediato:
Olá. Sim ainda tenho este e-mail.
Não tardou a um breve encontro, marcado numa esplanada de Lisboa.
As nossas vidas foram faladas e actualizadas nuns escassos 20 minutos, talvez nem
tanto, até que o tão esperado assunto chegou.
Quero estar contigo – disse ele, sem pestanejar, olhando-me com aqueles olhos
castanhos que me fodem até à alma.
Eu também quero – respondi a medo, sabendo perfeitamente o que estava para vir.
Uns dias mais tarde foi buscar-me. As minhas pernas tremiam.
Vamos para onde ? Perguntei.
83d8e7357c093ebb1f2209313e9bdcfbPara um Motel. Respondeu. E sorriu com aquele sorriso que faz com que eu perca a
noção da realidade.
Sinto sempre aquele constrangimento na chegada ao Motel. Mas passa rápido. O
coração começa a acelerar, a vontade é mais que muita.
Agarramo-nos mal a porta do quarto se abre. Beijamo-nos loucamente, o desejo toma
conta das nossas mentes, dos nossos corpos. Despimo-nos como podemos, a roupa voa
por todos os lados.
Dobras-me sobre a mesa e fodes-me logo ali. Que delicia. Que saudades que eu tinha de
te sentir.
Seguiram-se horas de prazer, que eu pensei nunca mais sentir com alguém. Os nossos
corpos juntos e a vontade que temos um do outro é um bailado de tesão e amor. Arrisco
dizer que não há ninguém no mundo que o sinta como nós. Não há paixão igual à nossa.

E agora o que vamos fazer?

Black Stiletto

1 comentário a “Olá. Ainda tens este email? | Um texto de: Black Stiletto |”

Deixar uma resposta