O amor quer-se seguro e confiante.

O amor quer-se seguro e confiante. Amar é como estar num quarto escuro a apalpar o incerto a dar quinadas num espaço desconhecido, confiando que não há buracos no chão nem nada que morda. Imaginamos um mundo de cor dentro daquele quarto, seguro onde poderás descansar. Eis que se acendem as luzes e depois do olhar se acostumar ao que vê sentes-te enganada., perdida, numa realidade que não pode ser a tua. Mas é. E assim foi, confiei sem desconfiar do mais pequeno sinal. 
 
“Eram coisas da minha cabeça dizia eu vezes sem conta. Eu confio nele. Há coisas que parecem mas não são. Não sejas parva, confia, ele prometeu amar-te e respeitar. Confia. Não cries problemas.”
 
94fa7ed12e053cb939bc3bb2def5d907
Cega e estupida é como me defino naqueles tempos. Vivia encantada por aquele jovem amor, com uma venda invisível nos meus olhos sem enxergar o obvio, fizeste tudo o que quiseste para ti sem nunca pensares em mim, lavaste-me o rosto
mais vezes do que aquelas que consigo contar, deixaste-me à espera uma duas e tantas outras vezes, tantas noites em claro, dividida entre o coração que por um motivo qualquer estava preso a ti e a razão que me gritava com todas as letras e bem alto: manda-o foder! Tira-o da tua vida! Mereces melhor! Ele não te merece!
Não esqueço aquelas manhãs de reconciliação numa esplanada qualquer onde tantas vezes voltei para ti sem nunca teres respondido às minhas peguntas: “Porquê? Se dizes que me amas, se choras aos meus pés, porque insistes em fazer de tudo para me magoar?”
Nunca soube, nunca compreendi. Aquilo era amor? Era assim que ele amava? 
 
146
Confiei em lágrimas vindas de um olhar desesperado,
em suplicas e palavras de amor,
o desfazamento entre o som, 
o que eu via 
e as ações era confuso e ensurdecedor…
 
 
Hoje,
prefiro que deixem as palavras para mim,
e que me amem com ATITUDES,
principalmente,
quando não estou,
e ser o motivo pelo qual um olhar se derrete…
 
Respeita-me nas costas e ama-me na minha frente!
A VIZINHA #69Letras

Deixar uma resposta