Ilusão do Luar

Fecha os olhos, estica os dedos coloca-os nos lábios,
acaricia-os como se retribuísses um beijo,
imagina o cheiro, sente o calor, arrepia-te com o toque prometido,
a pele que se aflige, a respiração acelerada prenúncio da sensualidade
que te atravessa o corpo e que te impele a alma.
Agora abre os olhos e sorri, por momentos estive à tua frente.
Por momentos fiz-te sentir o arrepio que é estar viva,
o como é bom ser tocada com desejo,
sentir a alma acariciada e sentir que a minha presença,
mesmo tão distante, te faz sorrir com gosto e, para mim…,
é tão viciante como esta noite de luar que inunda de luz essa pele
que anseio e essa alma que me conquista a cada segundo,
a cada toque, a cada beijo, até seres minha.
Bastardo #69Letras

Deixar uma resposta