Fases…

Tenho tantas fases, tal como a lua, onde me vêm nua e crua, ou fases em que me mostro ou me escondo, fases como as marés do mar, e o desejo de amar, numa maré essa tão cheia, que de amor quase expludo, ou de maré vazia, onde me falta quase tudo, restando somente a poesia, desse amor tão ilícito, que num grito mudo recito.

Tantas fases diferentes, alegrias ou tristezas que nego, paradoxos que carrego, controversos sentimentos, resumidos a momentos, de noite enluarada, ou negra madrugada, de Lua no mar reflectida, que se apaga e acende conforme a vida.

Estas fases do viver, são pedaços de mim, do que desejo um dia ter, que exorcizo ao escrever, numa vontade sem fim, de a vida poder conquistar, povoa-la de cheiro a mar, largar esta concha fechada, de tristeza apagada, de fazer acontecer, o Luar conseguir acender, e fazer da vida a Lua sempre banhada.

Miss Kitty #69Letras

Deixar uma resposta