Este calor mata-me!

| M18 | Texto Erotico |
b81c7d3ce8a9bcb49879b1cc70f716c8Não durmo descansado acordo com cada movimento teu.
Não sei o que faça mais.
Toda a roupa da cama está no chão e o sufoco do ar quente continua a secar-me a
garganta.
Resta-me admirar o teu corpo.
Não me canso de tantas curvas lindas exploradas vezes sem conta mas que ainda
reservam tantos mistérios para mim.
Continuas a ser uma mulher bonita. Cuidada e capaz de encantar qualquer homem.
Sinto-me feliz por te ter ao meu lado ao fim de todos estes anos.
Não resisto a tocar-te. De leve. Não te posso acordar, pois conheço o teu mau feitio
quando alguém quebra esse teu sono.
Toco a tua pele transpirada fazendo a minha mão deslizar por ti.
Viras-te e dizes algo que não percebo bem mas continuas a dormir.
Estás deitada de costas e o teu corpo completamente despido, queimado pelo sol do
verão que já vai acabando, sobressai por entre os lençóis brancos.
Abres levemente as pernas….
As minhas mãos percorrem a tua pele e sem que me contenha beijo-te os lábios.
Leve. Somente um toque.
Não te quero incomodar.
O teu corpo vira-se novamente para mim. Ensonado.
Beijo cada seio teu enquanto me afastas com o braço para não te incomodar.
Beijo a tua barriga e sinto o teu cheio que tão bem conheço. O teu cheiro de prazer.
Que perfume digno de Afrodite.
Já perdi o controlo.
Dou por mim ajoelhado por entre as tuas pernas a beber-te. Devagar.
Não sei quanto tempo passou mas foi a primeira vez que acordas-te a meio da noite
com um sorriso.
Dorme bem princesa. Eu já estou feliz.

ORFEU

Deixar uma resposta