Entro no escritório e aquele rabo de cavalo, que foi a única coisa que contemplei daquela indisciplinada sem vergonha, não me sai da cabeça

| Maiores 18 |M18 |?
Em casa sou o Sin mas na minha empresa sou o Mr Sin, O Terrível.
Temido por uns, odiado por outros. Mas não pensem por um minuto que me importo.
Confesso que gosto desta imagem que criei à minha volta. O mundo empresarial não é fácil e só os duros e destemidos resistem.
Desperto para mais um dia de trabalho, visto o fato como quem coloca uma máscara de ferro e faço-me à estrada.
Chego à empresa e sou aclamado com a mesma sessão de graxa habitual.
– Bom dia Mr Sin.
– Desejo-lhe um bom dia Mr Sin.
Nunca respondo verbalmente, claro. Basta um abanar de cabeça e um olhar frio, ainda para mais hoje que iniciam muitos estagiários.
Convém deixar a minha marca logo de início aos principiantes. E um a um viram-se e quase que me saudam com uma vénia, em modo bajulador.

Todos menos uma…

Entro no escritório e aquele rabo de cavalo, que foi a única coisa que contemplei daquela indisciplinada sem vergonha, não me sai da cabeça. Chamo-a ao meu gabinete porque a curiosidade venceu.
– Bom dia Mr Sin. Em que lhe posso ser útil?
Afinal não é nenhuma estagiária mas sim uma funcionária das antigas. Mas como nunca reparei neste pedaço de mau caminho? Sin, andas a perder qualidades!
– Miss Jax, algo está diferente em si, se me permite a observação.
– Divorciei-me há pouco tempo, senhor. Estou a libertar-me dos pesos mortos da minha vida aos poucos. Mas calculo que não foi para discutir a minha vida privada que fui chamada ao escritório da presidência.
Wow! Fria, directa e rude!
Sin acho que acabaste de te apaixonar!
– Muito bem Miss Jax. Chamei-a porque interessa-me saber se está satisfeita com o seu papel nesta empresa?
– De todo, senhor. Caso o senhor tivesse a ousadia de me nomear para o Conselho da presidência, tenho a certeza absoluta que seria uma mais valia para esta empresa e isso sem dúvida que se traduziria na minha satisfação pessoal.
Ousada e empreendedora mas com aqueles stilettos nos pés só a imagino na minha cama e não no gabinete da presidência.
– Muito bem. Miss Jax, reconhece em si qualidades de chefia e liderança?
Ela aproxima-se da minha secretária com os olhos colados aos meus. Debruça-se sobre a minha secretária com ambas as mãos apoiadas na mesma, revelando assim um decote que me deixa além de água na boca com uma tesão insana!
– As minhas qualidades de chefia e liderança, senhor, fazem-se notar em qualquer lado. Caso queira testar, o seu sofá parece ser uma excelente escolha…para já.


Abro a minha boca. Estou atónito com esta mulher e já não aguento o animal dentro dos meus boxers! Mas como se atreve…


– O senhor já me despiu com o olhar um milhão de vezes desde que entrei no seu gabinete! Além disso, a avaliar pelo volume das suas calças, o senhor mal se contém dentro delas. Portanto, deixemo-nos de merdas e foda-me duma vez por todas!
Esta mulher queima qualquer réstia de arrogante imperial que restava em mim. Quero-a tanto que me levanto, dispo-me sem pudor e ajoelho-me.
– Senhor? Que faz ajoelhado?
– Já não sou mais teu senhor mas sim teu escravo. Faz de mim o que quiseres. Utiliza-me para todas tuas fantasias e fetiches. Mas quero-te foder e muito. Que fique bem claro, Miss Jax, vou-te foder com força e sem dó nem piedade.
– Tornei-me numa funcionária muito satisfeita agora!
Deixo que ela me pise e esmague, só porque depois…é a minha vez de brincar!

 7thSin✟ 69 Letras® 21.09.2016

 

Deixar uma resposta