Chão frio

E eis que me perco novamente neste chão que já me conhece de cor.
Cada pingo de saudade, cada suor de ciume e até mesmo cada palmo da minha frustração,já não são novidades para este meu chão amigo. Apesar de ser frio e me congelar a alma, aquece-me o coração saber que nunca me abandona e está sempre lá. À minha espera.
Como o bom samaritano, escuta-me e limpa-me as lágrimas.

Neste chão frio rastejo na lama da minha dor mas também me levanto em todo o meu esplendor na esperança de que amanhã terei mais uma batalha vencida porque jamais desistir fará parte de mim.

 Meu chão amigo e companheiro, não me desampares por favor. Levanta a minha auto confiança. Para que eu possa tomar decisões. Para que eu resolva os nós da minha vida. Para que nada disto seja em vão.

Meu chão frio que me aquece a alma nas noites frias e solitárias de inverno, consola me uma vez mais na promessa que esta seja a última.

©Miss Steel 69letras 2017 

Deixar uma resposta