Vens?…

Quem muito espera passa toda uma vida à espera, a alimentar um sofrimento, que se torna eterno e profundo lamento, deixei de lamentar e ter vontade de esperar.

Quero ser eu, ser intensa no amar, deixar-me levar pelos sentidos, sem olhar para trás, entregar-me ao destino, largar todo este desatino, que em nada me faz bem e viver a vida no melhor que ela tem.

Por me amar demais, e a ti cada vez mais, largo tudo o que tenho, que saudade não deixa, esta vida que desdenho, que não desejo a ninguém, atrás de uma porta que sem volta se fecha.

Uma vez na vida vou cometer uma loucura, de ao destino me entregar, que te pôs no meu caminho, sem esperar e de mansinho, sem para o passado olhar e do futuro nada esperar, coisa que faço sem hesitação, o seguir do coração, o tentar ser feliz e render-me ao que sempre quis.

Nesta minha loucura, deixei de esperar, rendo-me ao que sinto, sem sequer pensar, por ti aguardo, vens-me buscar?

© Miss Kitty 2016 #69Letras

Deixar uma resposta