Recomeços…roda viva.

image

E só de pensar em recomeços confesso ficar cansada.
Recomeços, uma autêntica roda gigante de inícios, histórias, estagnação, declínio e fins. Ufa! Tanto tempo investido, energia dispendida, palavras levadas e emoções sugadas.

Recomeços.
Tantos têm sido os meus recomeços, uma e outra vez e mais uma porque não foi desta. Reinvitar-me e adaptar-me, moldar-me a novos projectos, projectar novos sonhos… e se não correr bem, posso sempre recomeçar. Lá  vou eu novamente, cair e levantar, chorar secar as lágrimas, sorrir e tornar a acreditar.
E é  isto. Só pode ser assim, sem desistir sempre pronta a cair e recomeçar, a errar e a voltar a tentar.
Ufa!
Recomeços…
Um dia destes é o dia.

Deixar uma resposta