Rebelde, eu?

– Steel, não passes dessa linha! Steel, não fales assim! Steel, não comas assim! Steel, pára de ser assim!
Foi assim toda a minha vida! Porque insistem em mudar-me se sou assim! Eu sou Miss Steel! A rebelde? Não! Sou só eu!

Amanheço de bem com a vida apesar de tropeçar no elevador de manhã. Entro no autocarro como todas as manhãs a cantarolar uma música qualquer que me esteja a bombar nos ouvidos.

O senhor João, já me conhece e nem liga. Abana-me só a cabeça em forma de desejar-me os bons dias.

Sento-me de frente a uma senhora com um bebé que não parava de chorar. E o que se faz numa situação destas? Caretas!! Isso mesmo! Nada como uma expressão facial bem engraçada para alegrar a criancinha em sofrimento! Ora vamos a isto! Steel estica a tua língua bem para fora e toca de franzir os olhos! Isso! Esforça-te! Abana a cabeça! E já está! Criança sossegou e meio mundo a olhar de lado para ti, Steel!Credo, gentinha mais mal humorada!

A minha viagem de agonia acabou. Saio do autocarro e dirijo-me ao trabalho. Vamos a isto!

Vou motivada! Cheia de energia! Nem me incomoda o facto do segurança da firma estar com o dedo no nariz. Pensando melhor, não consigo evitar engelhar a cara, que nojo!

– Bom dia Dona Clementina! Que lindo dia hoje não acha?
– Quero ver a identificação!
– Claro que sim, mas está um belo dia não acha?
– A identificação?

Porra! Deve ter dormido mesmo mal …pensando melhor…ela deve dormir sempre mal!

Entro pela multidão adentro aos encontrões. Todos esperam o elevador. Todos tropeçam em mim. Todos passam por cima de mim. Todos entram no elevador, exceto eu…

Fiquei para trás mas a minha rebeldia chega-se à frente! Entro no elevador a ferver e saio em ponto de combustão!

Agora chegou a minha vez! Steel em controle da situação! Faço um estudo ao perímetro e reconheço logo a primeira frente de hostilidade! Chefe zangado às 15 horas. Steel entra em modo de guerra que esta vai doer!

– Bom dia chefe!
– Steel! Isto são horas de chegar?!
– Tem toda a razão, chefe! Volto daqui a meia hora então!

Ainda não percebi porque fui despedida…

©Miss Steel 69letras 2017 

Deixar uma resposta