Hoje pertences-me!

Há muito que te prometia uma visita, mas andava sempre adiar.
Resolvi surpreender-te.
Abri o roupeiro e retirei metade da roupa para fora, escolhi algo sexy para levar.
Lembrei-me que eras fã das minhas botas de cano alto, veio-me logo a cabeça o que poderia acompanhar.
Vestido cabedal curtinho, meia de liga e as botas.
Olhei-me no espelho e sorri, era mesmo isso.
Vesti um casaco para disfarçar a roupa e levei a chibata comigo.
Subi ao 3º andar e bati a porta.
Abriste-me a porta só em boxers e tronco nú.
Perdi-me por momentos a olhar esse peito, que andava desejosa de o saborear.
Mas recompus-me e disse-te:
– Posso!! Hoje pertences-me!
O teu olhar lânguido disse tudo.
Afastaste-te e entrei.
Ajoelhaste-te e retorquíste:
– Sou teu escravo, teu amante… Sou aquilo que desejares. Faz-me teu…..
LOLA #69Letras

Deixar uma resposta