A vida passa…

A vida passa, a um passo descompassado, gigante e acelerado, em que o destino é sina, dor que ninguém imagina, ou será talvez o meu fado, e o tempo inimigo e aliado, que me afasta apressado, de um passado tão indesejado.

Esse tempo é o meu fado, um fado mal fadado, de quereres, momentos e viveres, de tudo o que não foi alcançado, de um passado de prazeres, que a alma não saciaram, e no tempo perdidos ficaram, não passando de memórias, lendas fantasias ou histórias.

E no insistente presente, em que me foge o tempo, agarro-me aos parcos momentos, vivo sentimentos, neste coração parado, que na vida ficou estagnado, que com vontades se contenta, que o deixam triste e amargurado com uma falsa paz que o acalenta.

Mas esse passo apressado, que teima em não abrandar, e o tempo não parar, torna-se cada vez mais descompassado, e a sina da vida tenta mudar.

 

Miss Kitty #69Letras

Deixar uma resposta