Se um dia partires, ficará em mim a cor da terra que é a tua cor e o teu cabelo de fogo vadio que me consome em chamas.

9f326d204d011a8a2a0615bc21989145

Texto Erótico|M18 Calendarizas o meu corpo num perpetuo gostar. Sorvo cada poro que me abres ao deleite da minha língua, absorvendo o teu suor como se de mil gotas vadias bailassem na minha boca, num bailado de prazer. Aprofundo me em ti, nessa profundidade curta que tens, onde o espaço se medeia apenas por paredes húmidas que envolvem o meu sexo e onde vibro a cada trago que dele sorves na lareira que carregas contigo. Quando sinto o teu fundo, ali onde o teu útero me repele, esboças um esgar de calafrio contido e o teu corpo estremece como se o sol te toldasse a visão e numa cegueira de êxtase, abres a boca e balbucias palavras soltas que me impelem na minha saga de me vir em ti. Tens o sabor das marés do mar do norte, rebelde e de águas revoltas, num vaivém aquietado apenas pela exaustão do bater do meu casco no teu fundo, naufragando os dois num oceano de loucura. Saboreio te muito, como a língua da serpente saboreia o ar a sua volta, insistentemente, lambendo o teu clitóris até escorreres pelos cantos da minha boca e bebo te até ao ultimo trago em que me delicio sofregamente do teu paladar a flor de sal. Assim são os nossos dias, intensos, neles carrego o teu cheiro e o teu sabor. Se um dia partires, ficará em mim a cor da terra que é a tua cor e o teu cabelo de fogo vadio que me consome em chamas.Em ti, deixo apenas a saudade de retornares a um corpo que outrora foi teu, onde terás sempre uma morada onde sossegares as vontades que o teu corpo te obriga a me devolver. Um dia se partires vais foder de olhos fechados, pensamento distante, coração e alma deserta. Esta será a tua maldição, foder e apenas isso foder.

Rasputin #69Letras

Fotografia: Via Pinterest 

Deixar uma resposta