Luxúria

? ?  Texto Erótico|M18 ? ?
No leito da luxuria, perco-me nos meus pensamentos.
Envolvo-me nos lençois de seda, que me fazem lembrar as tuas mãos.
Sinto o teu cheiro adocicado, inspiro e sinto uma onda de prazer a percorrer o meu corpo.
Os lençois parece que tomam  vida, acariciam todos os meus pontos erógenos.
Sinto-me em êxtase, a minha respiração acelera.
As minhas mãos ganham vida própria e começo acariciar-me.
Passo os dedos pela minha boca, como sentisse o quente da tua boca.
Deslizo-as pelo meu peito, sinto os bicos rijos de prazer, como sentisse os teus lábios a mordiscarem-me.
Desço até ao baixo ventre, deixo os meus dedos afundarem-se naquela gruta húmida e com vontade própria.
Fecho os olhos e sinto-te, sinto-me.
Acelero os meus dedos e deixo a minha respiração entrar no mesmo ritmo.
Imagino o teu corpo de encontro ao meu, a tua boca a saciar-se no meu peito, enquanto o teu membro se delicia nela.
Expludo de tesão, o meu corpo contorce-se todo, deixo os lençois molhados.
Tento recuperar a respiração, ate a o normal. Abro os olhos e…vejo-te à minha frente, com os olhos vidrados de tesão,
semi nú e com um volume notório nos calções.
Corei. Ia-me cobrir, mas ele arrancou-me os lençois e disse:
– Quero ver esse êxtase de novo. Quero ouvir de novo esses gemidos, essa explosão toda nele.
O meu olhar disse tudo.
Começou pelos pés e veio subindo….
LOLA #69Letras

Deixar uma resposta