Beijinhos para os verdadeiros 69ers

Hoje vou-vos escrever como nunca escrevi. Nada de fantasia, só eu.

A vossa Miss Steel. 

Minha vida deu uma reviravolta, não vai há muito tempo. Perdi o meu chão, enfrentei a minha fragilidade humana e caí num abismo.
Não se preocupem, a vossa Miss Steel levantou-se. Com a ajuda duma criança, jamais esquecerei.

-Precisamos de ti! Vem!

Este preciso de ti, levantou-me das trevas e colocou-me de novo em jogo. Demorei tempo a absorver tudo de novo, o mundo cujo o qual eu já vivia parecia-me diferente.

Mais duro. Mais frio. Mas eu estava de novo a jogar esta merd@ de jogo da vida!

Mais desgostos que alegrias! Mais desilusões que surpresas recheadas de balões de festa.

Quanto mais eu lutava, mais parecia tudo distante e difícil.

Senti a necessidade de velhos hábitos. Refugiar-me de novo na escuridão de outrora.
Voltei à escrita. Escrevia o que sentia no âmago da minha alma. Escrevia num pedaço de papel e deitava fora.

Escrevia. Deitava fora. Terapia para o meu coração e alivio para minha alma.
Tornei a ler. Devorei livros e livros. E queria mais. Muito mais. Nada me satisfazia.

Até que li um texto no Facebook. Um texto 69er que me prendeu a atenção. Li outro. E mais outro. Até que li aquele que me fez sair da ingenuidade do meu ser.

Atrevi-me a escrever ao autor. Com receio. Tenho consciência de que tudo na vida tem um lado negativo e por isso aquela pessoa que parecia escrever diretamente à minha alma poderia ser alguém inatingível, efeito da fama, ou alguém de mau caracter.

Surpreendeu-me. Recebeu-me de braços abertos e ainda me puxou para a vida. Arranhou a minha criatividade de maneira a que eu escrevesse um texto.

E foi o inicio duma bela historia de amor. A minha paixão pela comunidade 69er onde me sinto em casa e segura. Os vossos comentários saciam a minha ansiedade e acalmam a minha loucura da insatisfação.
Nunca um obrigado será suficiente para vos retribuir tudo o que me dão.

Leitores e autores adoro-vos. Se pudesse vos cobrir de beijos, faria. Mas terei de me limitar pelas palavras.

Sintam-se beijados e acarinhados por mim. Não deixem de nos ler e de vos dar a ler a outros. Vivam além das palavras! Mas deixem-se levar por elas!
Beijinhos da vossa eterna

©Miss Steel 69letras 2017 

Deixar uma resposta