Ai Cupido!!

 

Cupido! Está na hora, não achas?
Está na hora de me deixares em paz!
Está na hora de me deixares Amar esta mulher.
Está na hora de pegares nessas flechas e apontares para outro pois este quer ficar assim como está, com a flecha que tem bem cravada na pele.
Está na hora de deixar de seres cruel ao ponto de atirar-me com recordações e medos antigos, de pegar na minha mente e a confundir com memórias e sentimentos que já não são meus, que não fazem mais parte de mim.
Está na hora de largar roupa velha que visto no meu coração e renovar este guarda roupa que teima em me dizer que fico bem vestido e que sou belo.
Está na hora de partir estes espelhos que só refletem um homem que já não existe, que já não está presente em mim. Esse passado é meu mas quero viver sem ele, viver tranquilo e sereno…

Vai! Shô! Andor! Já chega de mordidas e picadas de Cupido!
A vida é para ser vivida e não sobrevivida e desta forma não consigo, não aguento mais. Minha pele não tem mais espaço para as tuas investidas pois ainda está dorida de tantas vezes ser o teu alvo de treino!
Cupido, vai! Segue para outro e deixa este em paz….

 
O Vizinho #69Letras

Deixar uma resposta