SAFADO!

received_1212869612079978.jpeg

Chamas-me safado…
E eu revelo-te as minhas safadezas…
Quero transformar todas as incógnitas…
Em verdadeiras certezas…
Será safadeza este Amor…
A vontade deste desejo…
Será que fui safado…
Quando te pedi um beijo…
Será que foi safadeza…
Será que fui safado…
Só te posso dar a certeza…
Que fiquei apaixonado…
E agora conto os dias e as noites…
Horas, minutos e segundos…
Para poder estar contigo…
E sermos safados juntos…
Será que sou safado…
É a tua boca que o diz…
A minha maior safadeza…
É o Desejo de te fazer Feliz…

POETA SOLITÁRIO

Deixar uma resposta