Quero-te tanto… digo-te tão pouco…

12239611_1624828764429521_5569793421957142455_n

 

Enquanto dormes estou agarrada a uma caneta em vez de ser a ti.

Devia de estar aí sentada do teu lado e sorrir por colorir os teus sonhos.
Gostava de estar junto de ti a dar-te um carinho no intervalo dos rabiscos e beijar a tua pele em cada parágrafo. Enquanto isso, aqui estou eu a sorrir a cada virgula e tu a rodopiar dentro da minha mente! Quero-te tanto… digo-te tão pouco…
Se ao pé de ti estivesse a caneta e as folhas aqueciam o chão, teu corpo antes em repouso ondularia com o meu pelo colchão… Por fim acomodaríamos a alma num abraço de união.
Quero-te.
Dorme bem.

?A Vizinha #69letras

Deixar uma resposta