PODERÁ!

received_1207108419322764

Poderá a Eternidade durar um minuto…
Poderá um minuto ser Eterno…
Poderei eu contigo estar no Paraíso…
E sem ti, descer ao Inferno…
Poderá haver vida…
Nas horas que não estou contigo…
Se é só nos teus braços…
Que eu me sinto vivo…
Poderei Amar-te Eternamente…
Se Eterno eu puder ser…
Mas se não for Eternamente…
Que te Ame até morrer…
Poderei eu esperar-te…
Até cair a madrugada…
Envolver-te nos meus braços…
Fazer-te minha Amada…
Poderá algum dia…
O Sol Amar a Lua…
Poderá a minha boca…
Beijar a tua pele nua…
Poderá o Infinito…
Ser um espaço pequenino…
Poderei ser teu Amor…
A razão do teu caminho…
Poderei eu um dia…
Acompanhar os teus passos…
Saborear a tua boca…
Abraçar-te nos meus braços…
Poderei eu um dia…
Ser o brilho no teu olhar…
Poderei eu toda a vida…
Ter a sorte de te Amar…

POETA SOLITÁRIO

Deixar uma resposta