Não me vais perder… 

Ela diz-me:
“Fala comigo… diz qualquer coisa… quero-te ouvir…”

Respondo-lhe prontamente:
“Ouve-me… digo-te que…
Que te sinto dentro de mim como não quero deixar de sentir. Que cravaste um cunho cá dentro e marcaste a ferro e fogo o teu nome. Que este pedaço de carne que não passa de um músculo que bate para me manter vivo já se abriu para tu entrares e tomares posse. Queres que te diga o quanto estou a gostar de ti e o quanto me custou perceber que te posso perder? Não consigo. É indescritível. É pesado demais esse pensamento. A ideia em si assusta-me e tolda-me o pensamento. Não quero acreditar que me envolveste de tal maneira que eu próprio já não me quero libertar de ti. Apenas isto e só isto. Quero-te…”

A sua resposta é imediata e deixa-me desarmada:
“Não me vais perder!
??❤️”

Guerreiro

Deixar uma resposta