DIFERENTE…

 

13413896_2018675071691503_781001312_n

Texto Erótico|M18Sinto a tua respiração no meu pescoço, faz-me arrepiar. Quando olhares, nos meus olhos, vais ler-me e saber o que eu quero, o que eu preciso neste momento, sem ter de te o dizer.

Passas os dedos pela tatuagem que liga ombro ao seio esquerdo e apertas-me com força, crescente, os mamilos, até eu me retrair com a dor. Não sei o que esperar de ti… Tenho medo, mas estou trémula de excitação e não vou recuar…

Não me tiras o soutien, nem a tanga. Empurras-me de encontro à parede de azulejos e fazes-me descer, ficar de joelhos. Com lentidão, as tuas calças, descem em direcção ao chão. Brincas com o teu membro e vais colocando-o nos meus lábios, num jogo do gato e do rato. Tremes quando a sua imensidão mergulha na minha boca e te recebo, com o vigor que impões.

O chão está gelado, quando me fazes deitar de barriga para baixo e de rabo arqueado. Vendas-me os olhos…

Perco-me na imensidão das sensações quando me tocas, quando os teus dedos entram em mim, de formas que nunca pensei ser possível. Abres-me, preparas-me para te receber e quando o fazes não és nada gentil, és possante, vigoroso. Fazes-me gritar e não consigo conter o meu corpo, os meus orgasmos.

Não sabia que era possível, ser assim, tão bom….

The Oyster #69Letras

Deixar uma resposta