Sentes-me como eu te sinto?

image

Ainda não te disse que gosto de ti, precisarei de o dizer? Sentes-me como eu te sinto? Ou sentes o que sinto? Não é um desvairo, é um sentimento que me acompanha, foste tu que te firmaste dentro de mim. Nos pedaços de tempo em que me perco a pensar no que já vivemos e a sonhar que se perpetue mais momentos, aflige-me a ideia que não se voltem a reproduzir… o coração fica apertado, angustiado, tento não cismar, mas o medo… oh! o receio de que algo tão bom não se repita, imaginar que o nosso entendimento perfeito seja finito consome-me… não pode ser! Não pode ter final, pelo menos para já com tanto para viver e sentir! Quero mais! Quero o que ainda não veio, quero tudo o que já fizemos e o que ainda não fizemos, quero mais amor, mais calor, mais beijos e suor! Quero-te em mim. Quero vestir a tua pele e que sejas dono da minha. Serão precoces estas palavras? Mas como podem ser, se as sinto ferver dentro de mim? Existe tempo certo para sentir? Ou apenas se sente? Eu acho que apenas se sente… oh! e tudo o que sinto por ti é tão bom, tão quente e faz-me tão bem! Quero mais!

Deixar uma resposta