…e esta libido que não cessa.

image

Esta libido que não cessa, somos nós loucos um pelo outro, sempre cheios de fome, este apetite não se extingue, são os corpos cansados que pedem descanso, é o desejo que não o permite. São os joelhos que ardem queimados pelo chão, é esta luxuria que só tende a agravar. Somos nós ofegantes amantes imperáveis, é o calor da atmosfera, são golfadas de ar que respiramos um do outro. É o suor que escorre e se funde no desejo que jorra de dentro de mim, são as tuas mãos que escorrem nas minhas costas molhadas e te puxam ainda mais para dentro do meu sexo, sou eu que entoou gemidos no teu ouvido é a transpiração que nos lava a pele, sou eu que te deixo melado com o meu mel, doce mel que absorves feito lambão enquanto escorro na tua barba e lambo-te de seguida entre beijos suculentos e apaixonados. Esta libido não tem sossego, não sabe o que é paz, e com isto meu amor, quero dizer que não terás mais descanso.

Deixar uma resposta