Camisa

13177949_1695569687355428_4593070396632507168_n

Como ficarás tu…
Em camisa de dormir…
Quantos botões preciso desapertar…
Para te conseguir despir…
E debaixo dessa camisa…
Trazes mais algo vestido…
Esta dúvida que tenho…
Já se tornou castigo…
E se eu te tocasse…
Por debaixo dessa camisa…
Procurando o calor…
Que o meu corpo precisa…
E aos poucos nossas roupas…
Espalhadas pelo chão…
Nossos corpos encostados…
Sedentos de Paixão…
Arrepio-te a pele com o meu toque…
Nossas bocas, sôfregas uma da outra…
Amo-te em cima da cama…
E no chão… A nossa roupa…
E fundimos nossos corpos um no outro…
Olhas-me… Chamas-me louco…
Mas a minha loucura és só tu…
E esse teu corpo… Agora nu…

Poeta Solitário

Deixar uma resposta