– Queres-me outra vez!?

12733612_1661139047465159_3731433266560306388_n

 

Saí do carro à porta de casa, vi-te seguir o teu caminho ajeitando a saia
e sem te virares para trás…
Nem um adeus houve depois deste episódio.
Era o mínimo!
Mas segui e entrei, fui tirando a roupa para me preparar para um banho.
Toca a campainha e tímido só de calças e ainda suado abro.
Eras tu.
– Posso entrar? Perguntei-te, com lábios de baton retocados e a saia meio amarrotada…
Com o teu acenar afirmativo, coloquei-te a mão na nuca puxei-te com vontade e beijei-te como se não te visse há séculos.
– Não te via há uns minutos!
Com o joelho comecei a tocar o teu prazer,já estavas a desejar-me novamente.
Segurei-te pelo cinto e encostei-te à bancada da cozinha onde nos faltava viver mais um parágrafo de luxúria…
– Queres-me outra vez!?
– Não consigo responder a isso com palavras!
A tua cintura agarrei e sentei-te na bancada.
Esta minha cozinha nunca viu tal prato de tão fantástico que é e o qual tanto prazer me dá em degustar…
“Pêssegos”! Dizes tu.
Sim, saboreei-te uma segunda vez.
A tua roupa atiro para o chão e carrego-te em meus braços já nus a caminho da banheira.
Nossos lábios lutam incessantemente, o desejo é enorme e as nossas bocas alimentam-se das nossas almas…
Eis que a água que corre nos faz crepitar de tentação.
quero-te!?

Ricco e Ela #69Letras

 

Deixar uma resposta