Estou a entregar-me ao desespero da tua ausência

12728985_1661593137419750_2944211685073044094_n

Estou em chamas
Por favor vem e mata este desejo
Prometo obedecer às ordens como tu gostas
Este fogo que me consome como se fosses tu
Que me arrepia como as tuas mãos fazem
Que me humedece como a tua língua, quando escorre vagarosamente pelo meu corpo
Estou a entregar me ao desespero da tua ausência
Ao sonho da tua presença
Hhuummm estou quase….
A imaginação voa parando no dia em que consumámos o nosso amor
Aquele fogo, aquele desejo. Vontade de ti….
Sim…… Tão bom sentir,
Recordar através das minhas mãos o que tu me fazias.
E tão bem que sabes fazer meu amor….

Arihanna

Deixar uma resposta