… quero essa intimidade.

image

Somos próximos, mas não tão íntimos quanto isso. E eu quero essa intimidade. Preciso-a. Preciso de te sentir dentro de mim, mas não atrás de mim, à tua frente sentada em ti, sem fúria apenas viajarmos na nossa respiração, beijar-nos sem medo e partilharmos segredos, ter as minhas mãos a percorrer e a memorizar a tua pele e as tuas a percorrer a minha com amor sem rasgos de ardor. Quero memorizar-Te em mim, para mim. Quero-te por inteiro, sem perversao ou devassidão. Já te sei assim e é por isso que simplesmente te amo. Não quero que faças amor comigo como se fosse a mulher da tua vida, não é isso que nos une. É outra coisa qualquer. Quero apenas sentir como dança o nosso amor quando nos unirmos. Sei que não ferve, nem arrefece, terá a temperatura da brandura? É isso que quero que me dês. Nada disto me fará apaixonar até porque já te amo, e está fora de questão enlouquecer de paixão e querer-te possuir, esse seria o dia da morte do que nos une. Quero memorizar-Te. Viver-Te. Pintar-Te com o meu olhar. Quero eternizar-Te por completo em mim.

Deixar uma resposta