Entre o sonho e a realidade.

image

Depertei primeiro que tu naquela manhã, o dia nasceu e o sol raiou pelo quarto a dentro, deixei-me estar a observar-te num lento e calmo despertar. O que os meus olhos viam parecia uma outra realidade, uma que sonhara dias antes até àquele momento, e desperta naquele novo dia dei-me conta que estava no meio dela. Cheguei-me para ti, beijei-te a pele e inspirei-te profundamente. Deixei-me boiar algures entre dormitar e velar, parecia eu que tinha dois pés em paralelos diferentes, entre o sonho e a realidade.
Tornei a adormecer.
Estava feliz.

A Vizinha

Deixar uma resposta