Usufruir de mim

50998cb1776673a7902870405fc77cbc

 

Libertei-me de ti, dos meus problemas, das queixas e dos meus ‘nãos’, resultado: passei a usufruir de mim.
Conquistei espaço à minha volta que não fazia ideia existir, alcancei partes de mim que também desconhecia e quando abracei acontecimentos, aprendi a dizer sim ao Universo, à beleza, à ausência e a tudo o que me faz bem. Repito: bem a mim.
Portanto, para ter e merecer basta soprar o que não nos enche o peito de luz e inspirar o que nos enriquece.

Deixar uma resposta