Não sei o que é o que não é se irá ser ou se não é sequer para ser.

 

3d9e301d49a27a6a9343776a13273b82

 

Não sei o que é o que não é se irá ser ou se não é sequer para ser.
Só sei que esteja ou não a falar contigo o que me basta é estar junto de ti.
Fazes-me bem, é como se nos soubéssemos desde sempre. É natural sabes? As palavras fluem e o corpo sente.
Perna com perna, mão na mão, ombro com ombro, o toque acalma a alma mas inquieta o corpo.
Não sei o que é, só sei que sorrir faz parte quando estou junto de ti e chego até a sorrir sem saber do quê ou porquê.
Com ou sem motivo, desconfio que o bem que me fazes é a alegria que basta para toda eu sorrir.
A Vizinha

Deixar uma resposta