Houve um dia em que senti como nunca havia sentido

be949e1f849f1a5420a0a210c5c171d6

Fotografia: Via Pinterest

Houve um dia em que senti como nunca havia sentido e apesar das tuas mentiras e ausências geladas dou-me conta que sinto a tua falta.
Não sei se sinto falta de ti ou das emoções que provocavas em mim, e a verdade é que se alguma vez estive viva foi durante a nossa história.
Houve um dia que senti com o coração com o corpo e com a alma.
Houve uma noite em que eras tu, só podias ser tu o tal.
O homem que um dia li, idealizei, ousei sonhar, ambicionei ter e sentir abraçou-me na noite em que tropeçamos um no outro.
O teu olhar tinha um poder em mim que mesmo o toque de outros amantes carregam.
O teu beijo ávido, sedento engolia-me, enfraquecia-me e umedecia-me.
O teu toque tinha a destreza de um domador,
A tua mente crua e perversa era o interruptor para incendiar todo o meu corpo e toda a minha alma.
Houve um dia que senti com a pele, com o sangue, com os segredos da mente e do corpo e com os caprichos do coração.
Houve um dia em que tu estragaste tudo com máscaras, jogos , ausências e antes desse dia, houve um dia que te disse que não perdoaria mentiras.

A Vizinha

Deixar uma resposta