Esquece-o! Desprende-te! Dizem!

cb10c392a7c74cfc7279c4abdef133af

Esquece-o! Desprende-te! Dizem!
Como posso eu o esquecer ou a este sentimento ignorar se ele é o único motivo pelo qual os meus olhos acompanham o sorriso dos meus lábios?
As saudades atormentam-me mas ainda assim eu gosto de me perder nas nossas recordações e reavivar no meu peito a chama que se inflama ao mínimo pensamento dele. Gosto de gostar dele. Gosto do que ele me fez e mesmo já não estando cá ainda me faz sentir.
É belo! É puro! É rebelde! É ingênuo É brilhante! É genuíno
Não quero esquecer, não me quero deslargar, pelo menos para já!

A Vizinha

Deixar uma resposta