onde o corpo arde num fogo violento.

12195934_1515224518795089_5250989228850711238_n

Nossos pensamentos convergem ao longo do dia eclodem algures num espaço onde os nossos corpos terrenos não se tocam, e é então que se se dá a explosão, vezes sem conta onde meu corpo é tomado por uma energia que me cega e viola qualquer paz que em mim possa existir e me deixa a queimar… ! ….convoco o teu cheiro e juro que te sinto aqui. Minha boca se desfaz em água como se da tua polpa eu provasse, nasce nasce o lume no meu olhar e só falta a tua voz a preencher o ar.
Minhas mãos ganham vida e espanto-me com este tremor que me assola enquanto percorro a minha própria pele como se fosse o teu toque e meu corpo tão perto da tua vontade.
Todo o meu corpo se exorciza em pasmos, curva-se e contorce-se onde arde num fogo violento.
Converto-me em cinzas, e ainda em rescaldo sorrio com esta paz e sinto o suor arrefecer na minha pele… deixo-me estar e imagino-te aqui a veres-me recuperar para depois me tornares a amar.

Deixar uma resposta