Estou na ponta do abismo imenso

Estou na ponta do abismo imenso,
tenho o coração a pedir para saltar,
a cabeça para não me precipitar,
no fundo desse abismo estas tu de braços abertos,
sei que não vais me agarrar é o que penso,
pois não nos tomo por certos.
Se és a minha cara-metade,
a minha força de viver?
Não me deixes ir para padre.
Olha o pecado que ias cometer,
sê minha no coração e na mente
mas acima de tudo, o que eu peço
é que vivamos intensamente,
tudo o que vier desse começo.

RiCCo

 


Regista o  teu cartão de cliente e obtém 10% de desconto em todas as tuas encomendas!

www.aubaci.com/69letras

Deixar uma resposta