Estou louco por te ver deslumbrante no altar

image

“Desde quando te amo desde sempre?”

Mandei-te num bilhete juntamente com um ramo de flores, já eu estava perdidinho de todo por ti.
Notava-se ao longe, nem sei porque o estou a dizer.
Exploraste cada fraqueza minha, juntos descobrimos o amor, a paixão e a loucura no seu sabor mais puro e intenso.
Já te disse o quanto sempre invejei o simples ar que respiras? Ou o sol que te aquece a pele?

Parece loucura, e é, porque o amor sem loucura não é amor meu bem.

Por memórias e loucuras, estás atrasada… Sim atrasada! Para o teu casamento, aquele ao qual respondeste que sim e me deixaste eternamente plantado à tua espera!
Lembraste? Da tarde de Agosto em que te pedi em casamento? Podem passar anos sem fim, jamais me irei esquecer, era, e ainda sou, louco por ti.

Diz-me desde quando te amo, desde sempre?

Entraste pela minha vida dentro de repente e sem qualquer hipótese de recusa roubaste-me o coração… A alma… E não mais os devolveste.
A tua partida tem-me feito tanto mal, quero crer que não o fazes por mal, pode ser inocência minha, mas o meu coração escolheu assim.
Quando voltares, o teu puto mimado estará aqui radiante à tua espera louco por te amar e te ter nos braços novamente.

Se não for pedir muito, não demores… Não sou muito fã de igrejas, tu sabes, mas estou louco por te ver deslumbrante no altar com esse brilho que me ilumina e só a ti pertence.

KingOfMysteries #69Letras

Deixar uma resposta