É como se sem ti, eu não fosse eu.

image

Hoje ouvi uma música e relembrei-me de um concerto que assistimos, o segundo para ser mais preciso, incrível como contigo a memória nunca me falha.
A sala tinha poucas pessoas, nós estávamos num lugar central, privilegiado até, estávamos a começar a realizar alguns dos nossos planos, desligaram-se as luzes e eu não me recordo da maior parte do espectáculo…

Perdoa-me meu amor…
Mas para o meu coração o espectáculo eras tu, e eu, nós ali, juntos de mão dada, apaixonados…

Não sei quanto tempo durou ao certo o concerto, mas o espectáculo que eu assisti foi eterno…

O teu toque na minha pele, as tuas mãos suaves entrelaçadas nas minhas, o teu sorriso a meia luz, a euforia de te ter… Tudo isso deu conta de mim.

E é disto que eu tenho saudades… De ti, de nós, mas sobretudo de mim próprio.

É como se sem ti, eu não fosse eu. Entendes? Entendes a dimensão do que sinto?

Ter saudades de mim próprio? É insano…
Amar-te mata-me um pouco mais a cada dia que passa, mas é também o que me mantém vivo.

KingOfMysteries #69Letras

Deixar uma resposta