Desconhecido

Ia a caminho de um jantar de amigas, com o meu vestido vermelho que delineava a minha silhueta. Quando fui abordada no meio da rua por um desconhecido, alto, moreno, que me olhava de forma lasciva e de desejo, com aqueles olhos esverdeados. Parecia estar na pele do capuchinho vermelho e ele era o lobo mau.
Sorriu, e entregou -me o cartão que tinha deixado cair, o toque das nossas mãos, fez-me sentir um frio pela espinha acima. Senti-me a corar…agradeci e segui caminho.

Ao terminar da noite, já meio alegre, dirigi-me para o carro, reparei que as luzes do parque estavam apagadas, continuei…Mas, tinha aquela sensação de estar a ser seguida por um par de olhos.
De repente…Senti-em puxada de encontro a uma árvore, era ele de novo.
Reconheci aquele olhar sôfrego de desejo, paixão.Agarrou-me as mãos, enquanto os olhos percorriam cada ponto do meu corpo.
Incendiei, meu coração acelerou.
A mão dele abriu o meu vestido, os lábios húmidos e a boca quente entretinham-se com os meus seios, a outra mão deliciava-se na minha parte mais intima. Derreti….

Virou-me de costas para ele, e possui-me como um animal selvagem, um lobo. Devorou-me com sofreguidão, que nunca tinha sentido.
Arrancou-me gemidos que pareciam uivar à lua. Deixou-me sem fôlego.
Olhei-lhe nos olhos e continuei a ver aquela fome.

Perguntei-lhe:”-Porque?”, Só me respondeu:”- Dás-me tesão! Sinto uma fome insaciável contigo.”

Mordeu-me o lábio, beijou-me e voltou a saciar aquela fome interminável..

LOLA

10612920_1623975577848173_7176939491023508184_n

Deixar uma resposta